O mistério dos autores do nosso Art Déco Sertanejo durou uma década, e a busca retomada de tempos em tempos.
Em abril de 1994, pesquisando e fotografando para um Artigo a convite da revista Design e Interiores, descobri, guardados como por milagre por 50 anos, no Arquivo Municipal, os projetos originais dos imóveis antigos do centro de Campina Grande.
A partir daí o Art Déco Sertanejo batizado 10 anos atrás teve carteira de identidade. Documento com rosto, data de nascimento e paternidade.

Rua Maciel Pinheiro, 157

Rua Maciel Pinheiro 216